Angra dos Reis decreta estado de emergência na Segurança Pública

Medida é resposta ao aumento da violência no município e cobra ação da Intervenção Federal; situação atual pode levar ao desligamento de usinas nucleares, alega prefeitura. Segundo o portal Terra, A Prefeitura de Angra dos Reis, na Costa Verde Fluminense, decretou estado de emergência na área de Segurança Pública nesta terça-feira, 21, após registrar aumento no número de casos de violência na cidade. Em nota, o prefeito Fernando Jordão (MDB) exige mais ações da Intervenção Federal e alega que a situação de insegurança pode levar ao desligamento das usinas nucleares da cidade.

O decreto nº 11.026 atribui à Superintendência de Segurança Pública de Angra dos Reis a responsabilidade de elaboração mensal de relatórios da situação de violência no município. Os documentos serão encaminhados aos Ministérios Públicos Estadual e Federal, o Gabinete de Intervenção Federal, o Gabinete de Segurança Institucional e a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, informa a nota divulgada pela Prefeitura.

A situação de insegurança pode afetar o cumprimento dos Planos de Emergência Externo e Local da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto, levando ao desligamento das usinas nucleares de Angra dos Reis, alega o executivo municipal.

A Prefeitura ressalta que o estado de emergência visa obter mais ações da Intervenção Federal na cidade para a redução dos índices de criminalidade.

Fonte

Arredio, inquieto, mas um defensor árduo da justiça, Zé do Povo é o que o nome diz. Um cara do povo, que prefere não se expor, mas quer expor todos os problemas da cidade.

Deixe aqui sua opinião sobre este assunto!