Autor: Cris Avila

Só por hoje

Só por hoje deixarei ir Só por hoje cuidarei mais de mim Só por hoje não darei tanta importância Só por hoje serei mais feliz Só por hoje meu cabelo vai permanecer desalinhado Só por hoje irei trabalhar de havainas...

São duas

Ora; ora… São duas… Uma do dia A outra da noite Ora; ora… Mas é a mesma, Uma reflete a outra A outra reflete uma Gigantes e misteriosas Ora; ora São duas; Mas pensei ser uma… Uma é bela A...

O Rio de Janeiro continua lindo

O Rio tem Carnaval Partida de futebol Laranjeiras, Copacabana & Recreio Regiões de longe e de perto… Mas você, turista, não precisa ter receio… Até o bondinho foi restaurado, O bom dia deste paraíso Todos os tempos são renovados… Vem...

Desejos

O primeiro encontro foi feito com O toque O beijo deixou todos os tecidos do corpo Oscilantes O abraço contrário envolveu toda a energia Sinalizada no fervor Sentido que levou a tremores transportando para a corrente saguínea O pulsar do...

Desarme-se

Desarme-se dos conceitos já traçados. Dos erros equivocados. Da dor da perda. Desarme-se das opiniões Dos gestos angustiantes. Da luta em vão. Desarme-se da palavra que mata, Que dita com irritação Atinge direto o coração. Desarme-se dos ‘preconceitos’, Pois todos...

O retorno

A poesia chega Cheia de harmonia Profundos sentimentos E superficiais ideologias Cada palavra nela contida Traz riquezas e grandes sintonias Também a tristeza De algum dia Tudo descrito nas entrelinhas Retorna, sempre brilhante e bela Dentro de cada dizer Da...

Um abraço

Um abraço

Um abraço desses que completa a alma. Que comunica instintivamente com o outro A troca primordial que faz entender, Sem explicação. É a correspondência de energias apropriadas, Que faz sorrir um coração para outro coração. Um abraço pode ser pedido....

Eram apenas dois

​ Cris AvilaCris Ávila, atua na área da educação e tecnológica. Moradora do Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, aprecia as maravilhas de outros lugares, inclusive de Paraty. Inquieta, tudo é motivo para escorregar da mente e transcrever, poeticamente, com a...

Rugas e experiências da Menina Moça, rosa Mulher

Aparecem as primeiras Sombras de dobrinhas na testa. E, aquela que era uma Menina Moça Mulher Observa-se indo para a maturidade. Quando Menina, Sorria e era travessa. Uma mistura de moleque Menina Estampando no rosto a inocência Brincalhona de ser...

Ele era só um conto

Gente Gente Gente ele passou de história contou sua vida relatou suas aventuras explicou seus inúmeros romances narrou sua própria notícia tudo nele é cena de novela pura fantasia o cara é… um mito de repente, um conto Amiga, nem...

Admiração

Quando duas almas Se admiram O sorriso se ajeita Não tem receita Podem estar longe E nada se esconde É o sinônimo de Bem querer Por ter um olhar De prazer As palavras saem O sinal dá um grito Algumas...

Homenagem ao Pai

O culpado Pai que está lá …no céu. Branco, negro ou pardo. Cada um tem o seu papel. Querido ou levado. Concedeu-me hoje a vida. Se estou aqui Acuso: – ele é O culpado Obrigado (a). Te amo sempre. Meu...

Triste fim

Triste fim o nosso Nem começou e já se afastou Foram as palavras mal ditas?  Ou o seu receio de assumir…   Nem se aproximou E já fugiu? Fugir de quem? Ou de mim… Serenamente confabulo com meus pobres botões...

Fale diretamente conosco no Whatsapp!