Categoria: Cris Avila

Um abraço

Um abraço

Um abraço desses que completa a alma. Que comunica instintivamente com o outro A troca primordial que faz entender, Sem explicação. É a correspondência de energias apropriadas, Que faz sorrir um coração para outro coração. Um abraço pode ser pedido....

Eram apenas dois

​ Cris AvilaCris Ávila, atua na área da educação e tecnológica. Moradora do Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, aprecia as maravilhas de outros lugares, inclusive de Paraty. Inquieta, tudo é motivo para escorregar da mente e transcrever, poeticamente, com a...

Rugas e experiências da Menina Moça, rosa Mulher

Aparecem as primeiras Sombras de dobrinhas na testa. E, aquela que era uma Menina Moça Mulher Observa-se indo para a maturidade. Quando Menina, Sorria e era travessa. Uma mistura de moleque Menina Estampando no rosto a inocência Brincalhona de ser...

Ele era só um conto

Gente Gente Gente ele passou de história contou sua vida relatou suas aventuras explicou seus inúmeros romances narrou sua própria notícia tudo nele é cena de novela pura fantasia o cara é… um mito de repente, um conto Amiga, nem...

Admiração

Quando duas almas Se admiram O sorriso se ajeita Não tem receita Podem estar longe E nada se esconde É o sinônimo de Bem querer Por ter um olhar De prazer As palavras saem O sinal dá um grito Algumas...

Homenagem ao Pai

O culpado Pai que está lá …no céu. Branco, negro ou pardo. Cada um tem o seu papel. Querido ou levado. Concedeu-me hoje a vida. Se estou aqui Acuso: – ele é O culpado Obrigado (a). Te amo sempre. Meu...

Triste fim

Triste fim o nosso Nem começou e já se afastou Foram as palavras mal ditas?  Ou o seu receio de assumir…   Nem se aproximou E já fugiu? Fugir de quem? Ou de mim… Serenamente confabulo com meus pobres botões...

O poeta

E o poeta, sozinho, pela madrugada, pensa, sente e chora. Senta, deita, afaga e solicita, Que palavras já não cabem na ponta dos dedos e transbordam pelo coração. Necessitas transpor e ousar. Fita, age e reage. Vai ao encontro, Deixa...

Medo escondido

Dentro do peito, tímido transita o medo escondido porque saiu de fora e fragilizou dentro surgiu o medo medo de ter medo medo do desconhecido medo maior do conhecido medo da voz medo do jeito medo de se mostrar medo...

Um livro digital – Você é poema – Temperos poéticos & Delícias do cotidiano –  APROVEITEM

Adquirir cultura, ler, amar as letras e transbordar.  Um livro Ebook https://www.amazon.com.br/Voc%C3%AA-poema-Temperos-Po%C3%A9ticos-Cotidiano-ebook/dp/B071ZY96HD/ref=sr_1_2?s=books&ie=UTF8&qid=1496668636&sr=1-2&keywords=voc%C3%AA+%C3%A9+poema  Um olhar de fora (Estando dentro) Passeando por ai; Escolhi, oh ti. Paraty Os seres que habitam são muito hospedeiros. Histórias ricas desde os tempos antigos. Suas igrejas...

Impulsividade

  Ela quer a qualquer jeito que nada seja perfeito e que só tenha um caminho tudo seja do seu jeito Ela escuta digere e matuta sagaz, dá a volta por cima reflete e vai a luta mas nada tira...

Ela está chegando

Esperada por meses. A cada conjunto de alguns trinta dias, A euforia torna-se visível Para o corpo e para a mente. Para a alma, então… Merecido descanso. A cabeça pede um tempo Para renovar os pensamentos E descansar. O afastamento...

Lembrança

Cris AvilaCris Ávila, atua na área da educação e tecnológica. Moradora do Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, aprecia as maravilhas de outros lugares, inclusive de Paraty. Inquieta, tudo é motivo para escorregar da mente e transcrever, poeticamente, com a ponta...

Um grande amor

Em Paraty, Ruivo ou moreno, Negro ou … Ele tem nome e sobrenome. Não pode ser revelado é um amor um pouco ocupado. Anda, corre e faz malabarismos, é um contador de histórias. Um tanto debochado E muito engraçado. Tem...

Foto de papel

Ele pediu aquela foto em papel e na era digital onde todos têm a tecnologia  à sua disposição Ele quer uma foto no formato antigo Uma foto de verdade A foto para poder colocar em um porta-retratos ou deixar entre...

Curiosidade em Paraty

Passeando pelas ruas Observando cada criatura Próximo a uma loja Havia um homem sentado Bem animado Com seu violão Para os transeuntes Era pura diversão Mas, curiosidade invadia Minha alma percebia Que aquele moço Vivia e convivia Tranquilamente Era só...

Verde

De uma brincadeira….saiu o verde… Verde porque te quero verde. Na despedida ou na chegada. Tudo combina. O verde da natureza. O verde dos seus olhos. O verde do castanho vira mel do seu olhar. Verde em tudo. Verde na...

Quer se distrair?

Vai a Paraty Sossego Diálogo Amigos alheios Mas depois de uma boa conversa De passageiros Viram “tudo” festeiros É uma risada para lá Outra simpatia para cá Abraços Trocas de mensagens Tudo gente desse cantão do Brasil Unidos com propósitos...

Afasta de mim

Afasta de mim Essa vontade louca De beijar essa Boca Esse tormento Que arrebenta Transforma E encrenca Arranca o juízo E me leva para o perigo Atiça o sabor Desse furor Vem Apagar Esse calor Cris Ávila   Cris AvilaCris...