Sonora Brasil em Paraty

O Sonora Brasil completa 20 anos trazendo músicos para divulgarem sua cultura por todo o país.

O Sesc Paraty recebe o Sonora Brasil na pisada dos Cocos.

O Coco é algo que traz a mistura de grandes e únicas culturas do nosso país que muitas vezes são marginalizadas e não tem chance de exposição. Uma bela mistura quilombola, indígena , moradores da zona rural que cantam e dançam com varios instrumentos.

A dança simula o preparo do chão batido , simulando a atividade onde é praticada essa dança.

Agenda de apresentações

20/09- quinta-feira

19h30 – Cinema: Caminhos do Coco

Sinopse: Uma das manifestações artísticas mais características da cultura nordestina é a música. Com os diversos ritmos que percorrem o litoral e o sertão, passando por quilombos e áreas rurais, essa expressão artística se apresenta ao mundo como parte da cultura popular nordestina, tão rica quanto variada. Duração 1h31. Direção Joice Temple.

21/09 – sexta-feira

19h – Coco de Zambê

20h30 – Seu Maia – Coco Jazz

22/09 – Sábado

19h – Samba de Pareia da Mussuca

20h – Grupo Bohemia do Samba

Na sexta-feira teremos esse grupo maravilhoso de Paraty

Seu Maia apresenta,

Show “REINTEGRAÇÃO DE POSSE, A Revolução do Coco, da pisada ao xamego.”

Com repertório totalmente baseado no Coco, nosso Ritmo Ancestral Originário , que durante milênios vem evoluindo, da pisada, das palmas e do canto primitivo, dos Ritmos da Pré-Colonização, as Cantigas e Danças de Roda (cirandas), ao Toré e a mistura dos tambores africanos. Da chegada da Sanfona (Acordeon), as formações tradicionais Pé – de – Serra, com zabumba e triangulo, que nosso Grande Mestre Luiz Gonzaga. E a mistura de Ritmos Tradicionais, como o Samba, Maracatu e Boi, com Ritmos Populares, como o Xote, Baião e Xaxado.

Principal Influencia de Seu Maia, Samba de Coco Raízes de Arcoverde, de Pernambuco, Capital do Samba de Coco, ou Coco de Trupé, uma fusão do Coco da Aldeia com o Samba do Terreiro. Jazz, Música Universal, juntando a poesia regional do sudeste caiçara, influenciado pelas belezas da Costa Verde, nosso Quintal Sagrado, essa é a SONORA de Seu Maia.

“Das Matas Douradas, Ouro Cristalino,

Da Água Sagrada à Morada do Sol…” (letra da canção Descobridor, Seu Maia).

É no Canto Sagrado que se inicia se os trabalhos, em seguida, o pulsar do coração, a batida forte com pé no chão e a palma da mão. Da Terra que tudo surgiu, o pulsar incessante do mar, a vibração inaudível do movimentar da Terra e o silencio, fazem desta primeira parte do show um espetáculo a parte. Em seguida, as influencias de culturas populares que vieram do outro lado do oceano, como o Pandeiro, o Berimbau e o Agogô, constroem uma fortaleza cultural, misturando tradições e ritmos, nascendo novas culturas, novos modelos, novas concepções, conectados com a Tradição Original, surge a Sanfona, trazendo o moderno inserido na Cultura Tradicional, surgindo o Baião, forró pé de serra, formação TRADICIONAL, ZABUMBA, TRIANGULO E SANFONA.Salve Luiz Gonzaga, Pai e Rei do Baião. Nessa linha de progressão o Baião encontra Seu Maia, com um pezinho na Senzala, outro na Aldeia, coração em New Orleans e respirando Coco, resultado inesperado da formação TRADICIONAL DO FORRÓ PÉ DE SERRA, sanfona, zabumba e triangulo, com a FORMAÇÃO TRADICIONAL DO JAZZ, bateria, baixo e guitarra, uma flauta para dar aquela alegrada e a aquela percussão suingada.

Sesc Paraty recebe Mostra Sonora Brasil Na Pisada do Coco

Dias 15, 16, 20, 21 e 22 de setembro, a partir das 18h30, no Restaurante do Quilombo do Campinho, na BR 101 (Rio-Santos), Km 588, Paraty, RJ. Todas as atividades são gratuitas

Mais informações pelos números dos telefones:

(24) 3371-4516 / 3371-8415

Beatriz Simbiya
Também conhecida como Mama Chakra, Beatriz Simbiya é cidadã do mundo, artista, fotógráfa e terapeuta holística.  Facilita aulas e vivências de yoga, dança e temas de energia sagrada feminina entre outros assuntos do mundo holístico. Está também todas as quarta-feiras 11 da manhã na Rádio Nova FM 87.9 em Paraty. Atende com sessões de terapias holisticas,reiki e massagem energética relaxante Como fotografa cria retratos da alma, usando a fotografia como uma ferramenta de auto conhecimento.

Você pode gostar...

Deixe aqui sua opinião sobre este assunto!