TAC inédito no Brasil valoriza o pescador artesanal de Paraty

Os pescadores artesanais de Tarituba podem comemorar. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio – assinou o Termo de Ajuste de Conduta autorizando a pesca artesanal na unidade de conservação da Estação Ecológica de Tamoios – Esec Tamoios –, em Tarituba, na baía de Paraty. Este é o primeiro TAC no Brasil em área de unidade de conservação de proteção integral, firmado com pescadores artesanais.

Em uma solenidade onde estavam presentes o vice-prefeito Luciano Vidal, o Secretário de Pesca e Agricultura, Roberto Rioji, o presidente da colônia de pescadores Z-18, Márcio, e o chefe da Esec Tamoios, Fernando Brutto, foram entregues aos 21 pescadores a carteira de pescador artesanal, que garante a eles o exercício da profissão naquela localidade.

“Essa é uma luta de anos dos pescadores, que desde 2009 buscam por esse direito. Quando ainda era vereador protocolei junto ao ICMBio um pedido de manifestação dos pescadores. Depois de muitas reuniões, idas e vindas a Brasília, o direito foi reconquistado. Os pescadores de Paraty merecem”, afirma o vice-prefeito.

Guido Nietmann é fotógrafo, nascido em São Paulo, mas é apaixonado e mora há 6 anos em Paraty. Criou em parceria com a fotógrafa Roberta Pisco a Fotos Incríveis, especializada em fotografia de alto padrão. Eterno apaixonado por Paraty, não se cansa de retratar as belezas da cidade e nutre uma paixão toda especial pela Igreja de Santa Rita!

Saiba mais acessando www.fotosincriveis.com.br

Deixe aqui sua opinião sobre este assunto!