A estranha fiscalização seletiva continua fazendo vítimas em Paraty! Veja as dificuldades de quem tenta empreender legalmente na cidade!

Ontem a noite, já depois das 20h, uma viatura da Polícia Municipal autuou o Manuê, por estar com mesas em cima da calçada. O que poderia ser apenas uma fiscalização de rotina, se torna estranho quando notamos que a fiscalização tem sido bem seletiva na cidade. Enquanto proprietários de estabelecimentos tradicionais, como o Manuê e o Restaurante Refúgio por exemplo, recebem repetidas visitas de fiscais atentos a todo e qualquer detalhe fora das rígidas regras de postura, outros estabelecimentos parecem seguir ignorados, especialmente os ilegais.

Na avenida Roberto Silveira, por exemplo, é nítido o aumento de vendedores ambulantes. Em frente ao Camping do Portal, por exemplo, já há tantos que o local se aproxima de se tornar um Shopping Gastronômico Popular a céu aberto.

Na praça localizada na esquina quase em frente à prefeitura, que fica localizada quase em frente à prefeitura, um vendedor de pastéis toma boa parte da praça para tocar seu negócio há bastante tempo, sem ser incomodado. É também na frente da prefeitura que nossos leitores flagraram uma churrasqueira ocupando toda a calçada, e uma lixeira gigante da própria prefeitura que fica ali largada em caráter permamente, embora os fiscais façam questão de fiscalizar o posicionamento das lixeiras de alguns comércios da cidade.

Estamos numa cidade onde cerca de 70 por cento dos empreendimentos comerciais é ilegal, e quem tenta se legalizar, paga um preço alto! Se fizer parte de algum grupo ligado à oposição então, aí é que o empresário sofrerá fiscalização constante mesmo! Não seria a hora de começarmos a buscar apoiar as empresas a entrar na legalidade, ao invés de puní-las por isso? São mais de 700 meios de hospedagem listados na Booking, dos quais pouco mais de 200 são legalizados.

Imagina o quanto isso significa em impostos não coletados pelo município – é uma fortuna que a cidade perde todo mês! Então, que tal buscarmos fiscalizar os empresários legalizados de forma mais igualitária, e principalmente, buscar a legalidade dos que atualmente estão às margens da lei? Isso trará uma cidade mais justa e com maior qualidade de vida para todos nós!

Confira as imagens enviadas por leitores que mostram mesas nas calçadas além de outras obstruções em frente à prefeitura, e em outros pontos da cidade:

Avatar

Zé do Povo

Arredio, inquieto, mas um defensor árduo da justiça, Zé do Povo é o que o nome diz. Um cara do povo, que prefere não se expor, mas quer expor todos os problemas da cidade.

Um comentário em “A estranha fiscalização seletiva continua fazendo vítimas em Paraty! Veja as dificuldades de quem tenta empreender legalmente na cidade!

  • Avatar
    11 de maio de 2019 em 21:04
    Permalink

    Atuação Municipal vergonhosa!
    Pela legalização de todos!
    Por uma administração Legal e não tendenciosa!

    Resposta

Deixe aqui sua opinião sobre este assunto!