Eleitores de Bolsonaro vestem carapuça e querem prisão de Faustão

No último domingo, o apresentador Fausto Silva fez uma dura crítica política em seu programa. Muita gente está interpretando a crítica como uma indireta para Jair Bolsonaro, presidente eleito do PSL. Eleitores do presidente interpretaram o trecho “o imbecil que está lá” como uma referência direta ao presidente e já estão pedindo a prisão do apresentador, baseados no artigo 26 da Lei nº 7.170, de 14 de dezembro de 1983, diz que “Caluniar ou difamar o Presidente da República, o do Senado Federal, o da Câmara dos Deputados ou o do Supremo Tribunal Federal, imputando-lhes fato definido como crime ou fato ofensivo à reputação” é passível de pena de reclusão de um a quatro anos.

““Na hora do Carnaval e da seleção, o brasileiro (e nós sabemos muito bem) é um povo que tem união, tem solidariedade, tem uma integração. Por que isso não acontece nas coisas sérias? Lutar por educação, saúde pública, contra a corrupção, contra a incompetência, que também é uma forma de corrupção. O imbecil que está lá (e não deveria estar) pode até ser honesto, mas é um idiota que está ferrando com todo mundo”, afirmou Fausto Silva.”

 

3 Resultados

  1. cristiane disse:

    gostando ou não, é o presidente do Brasil … respeitaram uma corja de ladrões que levaram o pais ao caos,estão com raiva, medo da mordomia acabar … tinha que ser da rede esgoto esse sr tal de Fausto

  2. MARCIA REGINA SILVA ALVES disse:

    O povo quer satisfação é do Flávio e do motorista laranja. Qto ao Faustão, expressou sua opinião conforme dita a democracia. Agora, se os seguidores do Presidente vestiram a carapuça, é pq encontraram semelhanças na oratória do apresentador, né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *