Enfim, o hospital Hugo Miranda foi ‘inaugurado’. Mas será que vai funcionar mesmo?

Na última sexta-feira, uma grande festa, com palanque para discurso dos políticos (ou eu deveria dizer candidatos?!), foi feita para comemorar a inauguração do novo hospital da cidade, Hugo Miranda. Mas será que ele vai mesmo funcionar como previsto, a partir de segunda feira?

Enquanto políticos da situação apareceram em trajes ‘de gala’ para curtir a festa e se promoverem, o PSOL entrou com um recurso na justiça para impedir que a obra descarte inadequadamente o esgoto hospitalar. Segundo algumas lideranças, o esgoto seria jogado diretamente no Rio Perequê-Açu, o que constituiria crime ambiental. Confira mais informações sobre o recurso do Psol.

Enquanto a rua do hospital estava completamente lotada, o que se via em uma das alas internas era uma sala vazia, sem leito algum. Confira também a repercurssão entre alguns políticos e moradores da cidade sobre a inauguração da nova obra.

Mesmo impedido pela justiça de discursar ou acessar o hospital, o prefeito cassado Casé esteve presente na festa. O Presidente da Câmara e atual prefeito, Sanica, também esteve presente no evento.

E você, o que acha sobre o novo hospital? Comente aí embaixo!

Nesta ala interna, ainda se vê um grande vazio. Será que estará tudo pronto e funcionando na segunda-feira?

guidonietmann

guidonietmann

Guido Nietmann é fotógrafo e mora há 7 anos em Paraty. Em parceria com a fotógrafa Roberta Pisco, criou a Fotos Incríveis, empresa especializada que atua com fotografia imobiliária, gastronômica, fotografia aérea, fotografia de produtos e também com ensaios. Apaixonado por Paraty, não se cansa de retratar as belezas da cidade e nutre uma paixão  especial pela Igreja de Santa Rita! Contato e mais informações: www.fotosincriveis.com.br

Um comentário em “Enfim, o hospital Hugo Miranda foi ‘inaugurado’. Mas será que vai funcionar mesmo?

  • Avatar
    9 de junho de 2019 em 09:19
    Permalink

    Inaugurar paredes é fácil!!! E a hábilitacao do MS!! E a construção da estação de tratamento de esgoto ETE, alvará de funcionamento da vigilância sanitária estadual e por aí vai!!! Para o cadastro dos leitos é necessário primeiro habilitação junto ao ministério da Saúde!! Simplesmente esse hospital não existe perante o Ministério da saúde!!

    Resposta

Deixe aqui sua opinião sobre este assunto!