Ihap contraria afirmação do prefeito sobre nomeação como patrimônio da humanidade

Nota publicada pelo Ihap já pouco:

Paraty não recebeu o título oficial de Patrimônio Mundial da UNESCO, apenas foi dado como satisfatório o trabalho apresentado em fevereiro de 2019 – como Patrimônio Misto

“O Brasil tem tudo para ter mais um bem reconhecido como Patrimônio Mundial, em 2019. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) recebeu hoje, da UNESCO, parecer técnico favorável ao reconhecimento de Paraty e Ilha Grande, em Angra dos Reis, como sítio misto de excepcional valor universal.
A INSCRIÇÃO será apreciada pelo Comitê do Patrimônio Mundial, de 30 de junho a 10 de julho, em Baku, no Azerbaijão.”

A CANDIDATURA PARATY: Cultura e biodiversidade trata de um território de 130 mil hectares, em que o Centro Histórico se cerca de quatro áreas de preservação ambiental. Com áreas cobertas de vegetação primária, ali estão o Parque Nacional da Serra da Bocaina; o Parque Estadual da Ilha Grande; a Reserva Biológica estadual da Praia do Sul; e a Reserva ecológica Estadual da Juatinga.
SE APROVADO, esse sítio misto terá o reconhecimento como um patrimônio cultural e natural”.

https://www.facebook.com/100012707010992/posts/707301623036732/

guidonietmann

guidonietmann

Guido Nietmann é fotógrafo e mora há 7 anos em Paraty. Em parceria com a fotógrafa Roberta Pisco, criou a Fotos Incríveis, empresa especializada que atua com fotografia imobiliária, gastronômica, fotografia aérea, fotografia de produtos e também com ensaios. Apaixonado por Paraty, não se cansa de retratar as belezas da cidade e nutre uma paixão  especial pela Igreja de Santa Rita! Contato e mais informações: www.fotosincriveis.com.br

Deixe aqui sua opinião sobre este assunto!