Vidal diz que irá acabar com as charretes – mas não diz de onde virá a verba para os novos veículos.

Numa publicação ironicamente entitulada “Em dia com o futuro”, o vice-prefeito Vidal diz ter conduzido uma reunião com diversas Secretarias além dos Condutores de Charrete onde chegou-se a um entendimento de que é preciso se adequar aos novos tempos e eliminar os veículos de tração animal da cidade.

Me desculpem a franqueza, mas afirmo convicto que é tudo balela, simplesmente estão correndo atrás da história, já que a OAB e diversas entidades já estão se mobilizando organizadamente para resolver o problema, e o próprio pré-candidato Vidal sabia muito bem que era apenas uma questão de tempo até as charretes serem impedidas de seguir transportanto pessoas no centro histórico. Mais irônico ainda é a afirmação do comunicado, onde é dito que “Prefeitura vai colaborar ajudando os condutores a se organizar para conseguir a aquisição destes veículos.”

Peraí… vão ajudar “os condutores a se organizar”?

Ou vão ajudar a adquirir? Porque até onde eu sei, a possibilidade da troca de cavalos por veículos elétricos sempre foi rechaçada justamente por implicar num custo proibitivo. Estamos falando de veículos que custariam mais de 50 mil reais cada, e nem cogitamos ainda o problema que será quando precisarem de manutenção e forem parar numa das caríssimas oficinas da cidade”.

Então dizer que vão “Ajudar a organizar”, pra mim, desculpem, mas é o mesmo que prometer ABSOLUTAMENTE NADA. Até porque o prefeito e o vice só estão no poder até a publicação do acórdão do processo contra o governo que fará com que a cidade tenha uma nova eleição. Acórdão esse que estranhamente está demorando bastante para ser publicado. É preciso encontrar formas de viabilizar o dinheiro necessário para aquisição e manutenção desses veículos. Até porque, organizados os condutores já estão, tanto que partiu deles o encaminhamento de um acordo para ordenamento de transporte de tração animal.

Além disso, é preciso que se profissionalize o serviço com um curso da história da cidade. São dezenas de relatos sobre falhas nas narrativas feitas pelos guias atuais, que contam lendas como “as telhas foram feitas nas coxas das escravas” e outras bobagens, ao invés de valorizar a história real da cidade – provavelmente, por puro desconhecimento dela, coisa que um simples curso de poucos dias de duração poderia resolver!

Por mais que haja críticas às charretes, é preciso entender que hoje elas desempenham um papel importantíssimo no Centro Histórico: O transporte de pessoas com dificuldade de mobilidade. Só quem já tentou andar de muletas, ou quiçá, uma cadeira de rodas no Centro Histórico entende o que estou falando.

É simplesmente impossível, e priva uma parcela importante da sociedade e do turismo de ter acesso às maravilhas arquitetônicas do nosso querido centro, assim como à atrações localizadas na área cercada por correntes. Já passou da hora de discutirmos a possibilidade de fazer plataformas elevadas ou outras vias de acesso para quem tem dificuldade de locomoção.

Outro dia escutei um dizendo que o Restaurante Refúgio tinha esse nome porque ali antigamente havia um refúgio de escravos. Qualquer pessoa com um mínimo conhecimento sobre o Centro Histórico sabe que o restaurante Refúgio sequer começou ali, e no local onde ele está, qualquer refúgio subterrâneo ficaria inundado mesmo antes da primeira maré alta.  Coisas de Paraty.

Enfim, confira a postagem original, feita no facebook pessoal do vice-prefeito Vidal.

 

guidonietmann

guidonietmann

Guido Nietmann é fotógrafo e mora há 7 anos em Paraty. Em parceria com a fotógrafa Roberta Pisco, criou a Fotos Incríveis, empresa especializada que atua com fotografia imobiliária, gastronômica, fotografia aérea, fotografia de produtos e também com ensaios. Apaixonado por Paraty, não se cansa de retratar as belezas da cidade e nutre uma paixão  especial pela Igreja de Santa Rita! Contato e mais informações: www.fotosincriveis.com.br

Um comentário em “Vidal diz que irá acabar com as charretes – mas não diz de onde virá a verba para os novos veículos.

  • Avatar
    14 de maio de 2019 em 22:04
    Permalink

    Visitem Paquetá e copiem o modelo de lá!!!

    Resposta

Deixe aqui sua opinião sobre este assunto!